Startup

Os principais aspectos a se avaliar em uma aceleradora de startups

* Por Antonio Cardoso no site Startupi

Olá, leitores! Mais uma vez trago para vocês um pouco das lições que estamos aprendendo em terras chilenas, no programa Startup Chile. Sendo essa a segunda aceleradora pela qual o Aussi passa –  e nós, sócios, estivemos em outras em experiências anteriores -, já temos uma excelente noção de como elas funcionam, tanto os aspectos positivos quantos os negativos.

E um dos erros que mais vemos empreendedores cometerem é se candidatar aos mais diferentes tipos de aceleradoras que existem, demonstrando desconhecimento sobre o assunto. Você deve saber escolher muito bem sua aceleradora, pois será sua parceira de negócio por um longo tempo. Para te ajudar nessa tarefa, separamos aqui os três aspectos que achamos essenciais para avaliar a ideal para seu negócio:

  • Qual o custo do capital que você está recebendo?

Muitas aceleradoras dão pequenos aportes em troca de participação, assim a conta fica simples de se avaliar. E como analisar quando a aceleradora é de origem pública, como o Startup Chile e o Seed, por exemplo? Nesses casos, há um grande investimento de tempo que você tem que fazer para preencher os requisitos do programa.

Por isso, é preciso pesar o quanto vale a pena abrir mão de parte do seu tempo para receber esse capital. Aqui no Startup Chile todas as semanas gastamos pelo menos 4 horas com o programa, seja em apresentações obrigatórias ou cumprindo requisitos burocráticos.

  • Um dos recursos mais valiosos que um empreendedor pode ter é uma rede valiosa de networking, então avalie: essa aceleradora tem uma rede de networking que me interessa? Ela possui contato em grandes empresas? Possui contato com o governo? Que tipo de cliente seu ela pode trazer?

Como falei no artigo anterior, o networking do Startup Chile é fantástico! Seja governo, grandes empresas ou startups, eles têm a capacidade de te colocar frente a frente para uma reunião de negócios.

  • Ter casos de sucesso é fundamental! Não adianta ser ótima no papel e no final da turma não ter êxito. Então, averigue quais são os casos de sucesso que possuem e veja se tem alguma similaridade com o seu modelo, que comprova um know how na sua área. Se a aceleradora for nova, veja quem são as pessoas que estão por trás dela e o que já conseguiram de grandes feitos.

O Startup Chile tem inúmeros casos de sucesso e o que é mais legal: em todo o mundo! Portugal, Índia, Chile, Brasil e muitos mais. Em todos esses países há empresas que deram certo e passaram por aqui. Particularmente, esse foi um dos diferenciais para virmos para o programa e começarmos a pensar globalmente.

Acredito que se você olhar esses três pontos ficará mais simples decidir para onde aplicar e saber qual aceleradora não é para você. Se estiver pensando em aplicar para o Startup Chile, não deixe de comentar aqui, podemos te ajudar a entender melhor ou tirar alguma dúvida.

Tags
Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Close

Adblock Detectado

Ajude-nos a manter o site no ar desabilitando seu Adblocker