PMEStartup

Pesquisa aponta que direitos do trabalhador são a maior dúvida da população do Sudeste do país

Pesquisa aponta que assuntos relacionados aos direitos do trabalhador são os mais procurados no Sudeste do país. Dados cedidos pelo Dubbio mostram que embates entre empregador e funcionário são os assuntos mais procurados por moradores da região

Dúvidas jurídicas estão sempre presentes no nosso dia-a-dia. Muitas são as questões que não sabemos ao certo e damos uma rápida pesquisada na internet para saber se estamos em nosso direito. E o maior problema para os moradores da Região Sudeste são as questões jurídicas de relações de trabalho, segundo dados revelados pelo Dubbio – uma plataforma com o objetivo de sanar as dúvidas da população, servindo como uma ponte entre as pessoas com problemas jurídicos e os advogados que estão dispostos a resolvê-los.

A pesquisa é de âmbito nacional, e teve como base mais de 1 milhão e 200 mil consultas em todo o Brasil na plataforma. No Sudeste, os assuntos relacionado aos direitos do trabalhador liderou o ranking de dúvidas. Em seguida vieram os temas pensão alimentícia e problemas relacionados a compras e vendas.

Com a crise econômica e política que assola o nosso país, a região Sudeste é a mais afetada pelo desemprego em números absolutos. São mais de 5 milhões de desempregados apenas nessa região, e esse número ainda pode aumentar, uma vez que inúmeras empresas que geram milhares de empregos estão envolvidas nos escândalos de corrupção. Vale ressaltar que os danos causados não atingem apenas quem está diretamente envolvido, e sim todo o mercado brasileiro, já fortemente impactado pela crise mundial.

Neste cenário assustador, não é difícil entender porque os assuntos relacionados aos direitos do trabalhador sãos os mais pesquisados.

Além disso, as Reformas Trabalhista e da Previdência estão trazendo novas dúvidas para quem trabalha com carteira assinada. Muito se fala e pouco se sabe sobre o que de fato irá acontecer nos próximos meses, o que gera muita insegurança jurídica, explicou o CEO da plataforma Tomaz Chaves.

O estado de São Paulo foi o que mais entrou em contato com os advogados gratuitos da plataforma, somando mais de 655 mil consultas jurídicas aos profissionais. Em seguida vieram Rio de Janeiro com 206.297, Minas Gerais com 97.278 e Espírito Santo com 14.574 consultas.

Dicas sobre Seguro Desemprego – Nesta situação de desequilíbrio econômico, o trabalhador brasileiro tem como garantia o seguro desemprego, benefício que visa auxiliar temporariamente os cidadãos que perderam o emprego pelo descumprimento do acordo trabalhista por parte do empregador, foram demitidos sem justa causa ou de forma indireta.

O pedido pelo seguro-desemprego é umas das principais causas de dúvidas nos trabalhadores que se encontram nesta situação, ainda mais por conta das mudanças ocorridas na lei que estabelece o auxílio ainda no ano de 2015:

A principal mudança ocorrida na Lei 13.134/2015, que trata do seguro-desemprego, se refere à comprovação do tempo trabalhado sem interrupção, ou seja, anteriormente bastavam seis meses de trabalho para que o trabalhador pudesse contar com o seguro, agora, devem ser comprovados 12 meses de trabalho ininterruptos para que seja feita a análise de quantas parcelas poderão ser recebidas por aquela pessoa.

Somente os trabalhadores que não estejam recebendo nenhum outro benefício ou tenham outra fonte de renda poderão requerer o auxílio-desemprego, incluindo-se os trabalhadores domésticos e pescadores.

Os três últimos salários antes do desligamento do trabalhador com a empresa que mantinha vínculo anteriormente serão utilizados como base para o cálculo da parcela que ele receberá pelos meses seguintes, sendo estas variáveis entre 3, 4 e 5 meses após o pedido de seguro.

Sobre o Dubbio – Com mais de 40 mil advogados cadastrados, o site é de fácil usabilidade e permite que os usuários tenham informações confiáveis sobre o universo jurídico, falando diretamente com os profissionais de forma totalmente gratuita, não precisando mais visitar fóruns ou sites sem confiabilidade. Além disso, o Dubbio armazena também diversos artigos escritos pelos profissionais, ficando disponíveis para futuras consultas.

Para utilizar a plataforma, o usuário, não precisa, nem mesmo, se cadastrar, bastando apenas a pesquisa dentro do próprio site, encontrando diversas dicas e artigos de advogados cadastrados. Caso as dúvidas não sejam esclarecidas, o cidadão pode entrar em contato diretamente com o profissional mais próximo, dentro da sua cidade, com o objetivo de sanar todos os assuntos e, até mesmo, contratar os serviços para representá-lo na justiça.

Tags
Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Close

Adblock Detectado

Ajude-nos a manter o site no ar desabilitando seu Adblocker